Pesquisar

Canal AEB no YouTube

Próximos Eventos

There are no events at this time

Autenticação



Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje428
mod_vvisit_counterOntem455
mod_vvisit_counterEsta Semana2460
mod_vvisit_counterÚltima Semana3890
mod_vvisit_counterEste Mês10444
mod_vvisit_counterMês Passado8030
mod_vvisit_counterTodos751635

Data : 22-09-2017
Plano Emergência - FAQ PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Tópicos:

Evacuação

Sinais de Aviso / Alerta / Toques de Campaínha

Evacuação

Pergunta: Sei que há situações em que a evacuação deve ser imediata e outras em que NÃO deve ser imediata. Em que situações DEVE SER imediata e em que situações NÃO DEVE SER imediata?

  • Em situações de INCÊNDIO a evacuação deve ser IMEDIATA em todos os espaços cobertos e próximo de edifícios;
  • Em situações de SISMO a evacuação NÃO DEVE SER imediata, excepto em locais com riscos elevados.

Pergunta: Como posso saber quais sãos os locais onde a evacuação deve ser IMEDIATA em caso de sismo?

Pergunta: Posso transportar objectos pessoais comigo durante a evacuação?

  • Mais importante que salvar os seus bens é salvar a sua integridade física e a dos outros. Ao recolher e transportar os seus bens pessoais durante a evacuação corre dois riscos graves:
    • Enquando recolhe os seus bens pessoais estará a perder tempo que pode por a sua integridade física em risco;
    • Ao transportar os seus bens pessoais (malas, mochilas e outros objectos volumosos) poderá congestionar os caminhos de evacuação, criando a trasos no fluxo das pessoas ou, pior, provocando um bloqueio dos mesmos.

Pergunta: Se o mais importante é evacuar o edifício o mais rápidamente possível, porque tenho que andar? Se corresse saía mais depressa, ou não?

  • NUNCA se deve correr quando se procede à evacuação! Ao correr poderá tropeçar, cair e obstruir os caminhos de evacução. E se isso acontecer o mais provável é ser pisado(a), esmagado e ficar gravemente ferido porque poutras pessoas irão tropeçar ou cair em cima de si! Outro motivo é que se correr poderá não ver e evitar a tempo obstáculos que lhe surjam inesperadamente - como alguém que tropeçou e caiu...

Pergunta: Em situação de sismo, caso o edifício esteja já a ser evacuado e se sentirem novos abalos, o que devo fazer?

  • Se estiver a menos de 3 metros da saída, saia imediatamente do edifício e afaste-se o mais rápido possível do edifício (SEM CORRER!!!);
  • Se estiver a mais de 3 metros da saída, encoste-se a uma parede, coloque-se no vão de uma porta ou debaixo de uma mesa (se existir) e espere que esse abalo termine; quando terminar o abalo, conte até 50 (tal como se estivesse dentro de uma sala) e ao terminar essa contagem retome a evacuação.

Pergunta: Se o caminho mais direto para o local de reunião for junto ao edifício, porque tenho que me afastar do mesmo, como é indicado nos Procedimentos?

  • Seja em situação de INCÊNDIO ou de SISMO, passar junto ao edifício quando se procede à evacuação, poder ser perigoso:
    • Havendo INCÊNDIO poderá ocorrer uma explosão e as chamas ou estilhaços atingirem quem estiver muito próximo de edifício;
    • Havendo um SISMO ou réplicas do sismo, poderão cair bocados do edifício (pedaços de betão, caixilharia, vidros, etc) que irão atingir quem estiver muito próximo de edifício.

Pergunta: Sendo perigoso permanecer ou passar junto do edifício durante a evacuação, como é que sei qual é a distância mínima de segurança?

  • A distância considerada minimamente segura (pelo menos em caso de derrocada parcial ou total do edifício...) é a igual à altura do edifício. Exemplos:
    • Os Blocos 2A e 2B (blocos de aulas da antiga Escola Secundária da Batalha) têm uma altura de cerca de 9 metros - a distância mínima de segurança será então de 9 metros;
    • Os Blocos 1A e 1B (blocos A e B da antiga Escola Básica Mouzinho de Albuquerque) têm uma altura de cerca de 3 metros - a distância mínima de segurança será então de 3 metros.

Se estiver noutro local, fora da Escola o princípio é o mesmo. Considere que em média um edifício tem 3 metros por cada piso. Assim se estiver próximo de um edifício de 5 pisos a distância mínima de segurança será de 3 x 5 metros = 15 metros.

Sinais de Aviso / Alerta / Toques de Campaínha

Pergunta: Quais são os sinais de alerta, tanto em situação de emergência como em situação de simulação, e como devo atuar?

  • DOIS TOQUES significam INCÊNDIO ou SIMULAÇÃO DE INCÊNDIO - quando ouvir dois toques rápidos consecutivos deve sair imediatamente de todos os edifícios ou dos seus espaços adjacentes, e dirigir-se para os pontos de reunião definidos.
  • TRÊS TOQUES significam SISMO ou SIMULAÇÃO DE SISMO - quando ouvir três toques deve:
    • contar pausadamente até 50 e em seguida dirigir-se para os pontos de reunião definidos, ou
    • caso antes de terminar a contagem acima referida ouça QUATRO TOQUES RÁPIDOS CONSECUTIVOS deve imediatamente dirigir-se para os pontos de reunião definidos.
  • QUATRO TOQUES, em situação de SISMO ou de SIMULAÇÃO DE SISMO, assinalam o momento a partir do qual todos se devem dirigir para os locais de reunião definidos.

Quer uma sugestão para fixar o significado dos toques? Dois toques demoram MENOS TEMPO; três toques demoram MAIS TEMPO! Com dois toques a evacuação É IMEDIATA (demora menos tempo); com três toques a evacuação NÃO É IMEDIATA (demora mais tempo).

Pergunta: Em situação de incêndio ou simulação de incêndio poderá ser dado o sinal dos QUATRO TOQUES?

  • NÃO. os QUATRO TOQUES são sempre utilizados em situação de SISMO ou SIMULAÇÃO DE SISMO, para assinalar o momento em que será seguro iniciar a evacuação. No entanto deve-se ter presente que em situação real de SISMO, poderá haver um corte de energia que impeça o funcionamento do sistema de alerta - por isso ser importante que em situação ou simulação de sismo, TODOS devem contar mentalmente até 50 depois do último abalo (em situação de sismo real) ou depois dos DOIS TOQUES em caso de simulação.

Pergunta: O que devo fazer se sentir um tremor de terra e mesmo assim o sistema de alerta não funcionar?

  • O sistema de alerta e aviso (neste caso o sistema de campaínhas) pode ficar sem poder funcionar devido a avaria ou corte de energia elétrica originado pelo sismo. Assim, depois de sentir o último abalo, TODOS devem contar mentalmente até 50 antes de iniciar a evacuação.

Se tiver dúvidas ou questões relacionados com os procedimentos de evacução poderá solicitar esclarecimento0 suplementares enviando um mail para o seguinte endereço:

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar